Yoga e equilíbrio: como alcançá-lo em meio à pandemia de coronavírus? | SANTO ÓCIO
28/07/2020

Yoga e equilíbrio: como alcançá-lo em meio à pandemia de coronavírus?

Busque encontrar energia na tensão, conforto no desconforto, equilíbrio no desequilíbrio

 

Olá! Tudo bem com você? Como anda seu equilíbrio nesse período de adaptação? Eu estou cortando um dobrado para absorver tantas coisas novas num exíguo espaço de tempo. Imagino que você também, não? Haja energia e saúde mental e física! Por isso, escolhi, refletir com você sobre equilíbrio. Como alcançá-lo?

 

 

 

Até pouco menos de dois meses atrás, acredito que a maioria de nós tinha uma rotina pesada típica da vida contemporânea. Nosso dia a dia era dividido entre milhares de tarefas, muitos deslocamentos e encontros com diferentes pessoas. E a maioria dessas experiências acontecia fora de casa. Lembra?!

Isso, como todos já puderam perceber, mudou radicalmente. E quais outras mudanças virão? Ninguém sabe ao certo. Agora, como fazer para lidar com o estresse e com a ansiedade decorrentes de tantos desafios e incertezas?

 

Há diversas formas muito eficazes para amenizar tanta pressão. Uma prazerosa e leve leitura, preparar uma deliciosa receita em família, meditar, dar atenção àquela plantinha que está na sala, dedicar-se a um novo aprendizado, ouvir Bach executado por Hilary Hahn, aprimorar ou iniciar um hobby, e por aí vai. Agora, segue minha dica de ouro: experimente ou, se já é praticante, intensifique ainda mais o yoga. A prática pode te auxiliar muito, física e mentalmente.

 

 

Ao trabalhar as posturas de equilíbrio, de força, de flexibilidade, isométricas e as transições rápidas entre elas, ativamos no nosso cérebro as áreas relacionadas ao equilíbrio e à resiliência. O que nos torna mais aptos a lidar com todas essas variações e mudanças repentinas.

A pressão e o estresse talvez não acabem, mas, ao menos, estaremos preparados para não absorver demais e gerar ainda mais negatividade. Adversidades sempre existirão em nossas vidas, mas o que podemos controlar é como elas nos impactarão.

 

Cada um de nós é um ser único, com histórias e características singulares. Não há uma receita pronta. Cabe a você, portanto, procurar qual a melhor forma para uma verdadeira e sustentável transformação. E ela não acontecerá se você não tiver foco e uma visão clara do que te motiva e te faz forte. Para isso tudo, um veículo formidável é o yoga.

Eu faço aqui meu relato: estou às voltas com as minhas novas rotinas, as do meu marido e de minhas filhas. E ainda, como se não fosse o suficiente, resolvi dar aulas on-line. Uma empreitada desafiadora que traz uma penca de tarefas novas e exige novos aprendizados. Instalei e estou usando outros softwares, adquiri equipamentos e precisei reorganizar meus horários. Tudo em tempo recorde. Nada -nada! - está como antes.

 

Confesso estar um pouco atordoada (risos). Mas, sou grata ao yoga pela capacidade de reagir com positividade ao que me aparece.

Minha orientação é que você tome as rédeas. Você é a única pessoa que pode transformar sua vida. Esse poder transformador está latente. Cabe a você, também, fazer desse momento tão desafiador um momento de crescimento pessoal.

Tenha paciência. Nada é permanente. Isso vai passar. Vamos juntos, todos, aproveitar para procurar alguma forma de renovação e equilíbrio no dia a dia renovado. E mesmo que muitas vezes mal consigamos relaxar o suficiente, procuremos fazer esse movimento sempre positivo em direção à nossa saúde e boa convivência com os nossos familiares.

Portanto, vamos encontrar equilíbrio no desequilíbrio, energia na nossa tensão, conforto no nosso desconforto.

Mudar não é fácil, mas temos capacidade para isso. Todos nós.

E aí? Vamos de Yoga?!

Namastê!

 
Fonte :Globo Esporte